Importantes personalidades da literatura integram a programação do FLI-BH

26, set 2019


A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, realiza nesta quinta-feira, dia 26, o segundo dia do Festival Literário Internacional de Belo Horizonte – FLI-BH. Na programação, estão contação e narração de histórias, sarau, mesas, oficinas, encontro com ilustrador, encontro com autores e mostra de cinema.

Na parte da manhã, a partir das 9h, destaque para a contação de história “Memória do Mundo” com Édina Calegaro (SC), “Sarau da metamorfose especial – confraria de poetas de Belo Horizonte”, narração de histórias “O menino sabino” com a Cia Canta Contos (BH), a mesa “Tecendo fios de embaúba e pescando conhecimento: quando a imagem se torna escrita”, com Dona Liça Pataxoop e Kanatyo Pataxoop – mediada pela antropóloga italiana Cláudia Magnani.

A partir das 14h, as atividades começam com a narração de histórias “De lobo a bolo” com Samuel Medina (BH), a mesa “Além do olhar antropológico: quando a aldeia nos habita” com Aparecida Vilaça (RJ) e Ciça Fittipaldi (GO) – mediação de Tainah Leite (BH), o encontro “Autônomos, quando os bonecos tomam vida e contam histórias” com Agnaldo Pinho (MG), sarau com a Biqueira Cultural – Biblioteca Itinerante, o encontro com as autoras “Produção literária, representação popular e a convergência das mídias”, com Cidinha da Silva (BH) e Irís Amâncio (MG) – mediação Etiene Martins (BH) e o encontro com o ilustrador Edson Ikê (SP) sobre imagens e identidade.

Para fechar a programação do dia, na parte da noite, terá o encontro com o autor João José Reis (BA), que será mediado pela historiadora Heloísa Starling (BH), às 19 horas. João Reis é considerado um dos mais importantes historiadores do Brasil e referência mundial no estudo da história e da escravidão no século XIX. Já recebeu diversas distinções como o prêmio Jabuti de Melhor Obra, categoria Ensaio, em 1992, e o Prêmio Haring, da American Historical Association, em 1997. Ganhou ainda o Prêmio Casa de las Américas (Cuba) em 2012. E em 2017, o Prêmio Machado de Assis pelo Conjunto de Obras da Academia Brasileira de Letras.

O bate-papo “Território poéticos – A democratização do espaço urbano pelos movimentos literários” com Sérgio Vaz (SP) e mediação de Zi Reis (BH) e o espetáculo “Ode à esperança” do projeto Abrapalavra (BH), também estão entre as atrações.

Sobre o FLI-BH

Abordando a temática “Do Livro à Voz: Narrativas Vivas” e com curadoria da poeta Nívea Sabino e da ilustradora Marilda Castanha, o Festival Literário Internacional de Belo Horizonte apresenta ao público mineiro cinco dias de programação gratuita e diversificada. Até domingo, dia 29, serão ofertadas mais de 50 atrações, divididas entre palestras, rodas de conversa, oficinas, saraus, narrações de histórias, exposições, espaço literário, lançamentos de livros e sessões de autógrafos com escritores e escritoras independentes, mostra de cinema e literatura, biblioteca e intervenções urbanas.

Um destaque do Festival é a presença de grandes escritores, ilustradores, críticos e especialistas nacionais e internacionais. Do Brasil, estão participando, por exemplo, o escritor e historiador que é referência mundial sobre a história da escravidão no século XlX, João José Reis (BA), o poeta e artista visual Ricardo Aleixo (BH); a contadora de histórias Édina Calegaro (SC); o ilustrador Edson Ikê (SP); o poeta e agitador cultural Sérgio Vaz (SP); o escritor, roteirista e dramaturgo Marcelo Rubens Paiva (SP) e o autor de mais de cem livros infanto-juvenis, Ivan Zigg (RJ).

Do exterior a programação conta com a argentina Anabella López, ilustradora e escritora; Cláudia Magnani (Itália), antropóloga e professora de Literatura Italiana na Fundação Torino; a artista Cláudia Manzo (Chile); e com Silvia Castrillón (Colômbia), referência internacional em políticas públicas de leitura.

Nessa edição, o FLI-BH homenageia o poeta Adão Ventura (1939-2004), mineiro nascido em Santo Antônio do Itambé, e autor do clássico “A cor da pele” –  importante conjunto de poemas sobre o tema da negritude e do racismo. E faz menção honrosa a dois renomados escritores: a carioca radicada em Minas Gerais, Leda Maria Martins, e o mineiro do Vale do Rio Doce, Ailton Krenak.

As atividades principais concentram-se no Parque Municipal Américo Renné Giannetti (avenida Afonso Pena, 1377, Centro). As oficinas ocorrem no Parque e no Centro de Referência da Juventude (Praça da Estação, s/nº, Centro) e a Mostra de Cinema, no MIS Cine Santa Tereza (rua Estrela do Sul, 89, Santa Tereza).

Programação de quinta-feira, dia 26 de setembro

Local: Parque Municipal Américo Renné Giannetti (avenida Afonso Pena, 1377, Centro)

 

9h – Jardim Arena da Palavra (Teatro Francisco Nunes) | Duração: 50 minutos

Contação de Histórias: “Memórias do Mundo”

Convidada: Édina Calegaro (SC), contadora de histórias e pedagoga.

 

9h30 – Biblioteca do FLI-BH (Teatro de Bolso Parque Municipal Américo Renné Giannetti) | Duração: 60 minutos

Sarau da Metamorfose Especial – Confraria de Poetas Belo Horizonte

 

9h30 – Palco Literário (Largo em frente ao Teatro Francisco Nunes) | Duração: 50 minutos

Narração de Histórias: “O Menino Sabino – Cia Canta Contos”

Convidada:  Bárbara Amaral (BH) da Cia Canta Contos, companhia de Narração de Histórias com carácter lítero-musical.

 

10h – Teatro Francisco Nunes | Duração: 75 minutos

Mesa: Tecendo Fios de Embaúba e Pescando Conhecimento: Quando a Imagem se Torna Escrita

Convidados: Dona Liça Pataxoop e Kanatyo Pataxoop (Itapecerica – MG), originários do Sul da Bahia, os Pataxoop de Minas Gerais vivem principalmente na Fazenda Guarani, no município de Carmésia, totalizando aproximadamente 400 pessoas. Cláudia Magnani (Itália), antropóloga e professora de Literatura Italiana na Fundação Torino.

Mediação: Ana Gomes (BH), professora titular na Faculdade de Educação da UFMG.

 

14h – Teatro Francisco Nunes | Duração: 75 minutos

Mesa: Além do Olhar Antropológico: Quando a Aldeia nos Habita.

Convidados: Aparecida Vilaça (RJ), doutora em antropologia e professora do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional (UFRJ) e Ciça Fittipaldi (GO), ilustradora e autora de livros para crianças.

Mediação: Tainah Leite (BH), pesquisadora e doutora em Antropologia Social, trabalhando junto aos Ninam/Yanomami do Norte Amazônico.

 

14h – Palco Literário (Largo em frente ao Teatro Francisco Nunes) | Duração: 40 minutos

Narração de Histórias: De Lobo a Bolo com Samuel Medina (BH) escritor, contador de histórias e mediador de leitura.

 

14h30 – Jardim Arena da Palavra (Teatro Francisco Nunes) | Duração: 70 minutos

Encontro com o Ilustrador: Edson Ikê (SP) – Sobre Imagens  e Identidade

 

15h – Palco Literário (Largo em frente ao Teatro Francisco Nunes) | Duração: 120 minutos

Circulação Sarau Biqueira Cultural (BH) – O Sarau Biqueira Cultural é uma ação da Biqueira Cultural – Biblioteca Itinerante. Na biblioteca, aproximadamente 300 títulos da literatura, serão disponibilizados para troca.

 

 16h – Teatro Francisco Nunes | Duração: 75 minutos

Encontro com as Autoras | Produção Literária, Representação Popular e a Convergência das Mídias

Convidadas:  Cidinha da Silva (BH), editora do Blog da Cidinha, consultora e colunista no portal Revista Fórum e Íris Amâncio (Muriaé -MG), professora de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, de Literatura Portuguesa e de Estudos Comparados em Literaturas de Língua Portuguesa na Universidade Federal Fluminense.

Mediação: Etiene Martins (BH), graduada em Publicidade e Propaganda e em Jornalismo Multimídia. Especialista em Comunicação e Saúde.

 

17h – Jardim Arena da Palavra (Teatro Francisco Nunes) | Duração: 70 minutos

Encontro com Agnaldo Pinho (Betim – MG): “Autômatos, Quando os Bonecos Tomam Vida e Contam Histórias”. Agnaldo é artista visual, cenógrafo e bonequeiro.

 

19h – Teatro Francisco Nunes | Duração: 75 minutos

Bate papo: Territórios Poéticos – A Democratização do Espaço Urbano pelos Movimentos Literários com Sérgio Vaz (SP), poeta, agitador cultural e cofundador do Sarau da Cooperifa

Mediação: Zi Reis (BH), poeta marginal e artista visual.

 

19h – Jardim Arena da Palavra (Teatro Francisco Nunes) | Duração: 70 minutos

Encontro com o Autor: João José Reis (BA), professor do programa de pós-graduação em história da Universidade Federal da Bahia.

Mediação: Heloísa Starling (BH), historiadora e cientista política

 

20h30 – Palco Literário (Largo em frente ao Teatro Francisco Nunes) | Duração: 50 minutos

Espetáculo: Ode à Esperança com Abrapalavra –  Abrapalavra (BH): O projeto é formado pela narradora de histórias e pesquisadora Aline Cântia.

*Programação Associada Programa Cena Plural

 

OFICINAS

Local: Parque Municipal e Centro de Referência da Juventude – CRJ (Praça da Estação, s/nº, Centro)

11h – Oficina Poética do Sarau Libertário com Bruna Kalil Othero (BH)

Número de vagas: 20 participantes | Duração: 3 horas | Horário: 11h às 14h | Local: Biblioteca do FLI-BH –  Parque Municipal Américo Renné Giannetti (Av. Afonso Pena, 1377 – Centro, Belo Horizonte) | Classificação indicativa: 15 anos

*Atividade destinada ao público inscrito e selecionado previamente

 

14h – Oficina Escritas urbanas com Renato Negrão (BH)

Número de vagas: 15 participantes | Duração: 8 horas | Horário: 14h às 18h | Local: Sala Bastidores – Centro de Referência da Juventude (Rua Guaicurus, 50 – Centro)

*A oficina acontece nos dias 26 e 27 de setembro, com 4 horas de duração por dia.

*Atividade destinada ao público inscrito e selecionado previamente

 

14h30 – Oficina Brincatória com Shirley Rodriguez (BH) e Mateus da Silva (BH)

Número de vagas: 40 participantes | Duração: 50 minutos | Horário: 14h30 às 15h30 | Local:  Biblioteca do FLI-BH (Teatro de Bolso Parque Municipal Américo Renné Giannetti)

 

16h – Oficina Livro-Minuto com Rodrigo Teixeira (BH) e Samuel Medina (BH)

Número de vagas: 20 participantes | Duração: 60 minutos | Horário: 16h às 17h |

Local:  Biblioteca do FLI-BH (Teatro de Bolso Parque Municipal Américo Renné Giannetti)

 

17h30 –  Oficina Leitura de Cartas Dramáticas – Oficina + Performance com Lygia Peçanha (São João del Rei – MG)

Número de vagas: 20 participantes |Duração: 6 horas | Horário: 17h30 às 20h30 | Local: Biblioteca do FLI-BH – Parque Municipal Américo Renné Giannetti (Av. Afonso Pena, 1377 – Centro, Belo Horizonte)

*A oficina acontece nos dias 26 e 27 de setembro, com 3 horas de duração por dia.

*Atividade destinada ao público inscrito e selecionado previamente

 

ESPECIAL – MOSTRA DE FILMES  FLI-BH 2019

Local: MIS Cine Santa Tereza (rua Estrela do Sul, 89, Santa Tereza) 

 

Dia 26, quinta-feira, às 19h30

Livro de Cabeceira – (Cartola Filmes | Brasil | 2015 | Websérie | 80 min / 20 episódios de 4’)

O programa de episódios curtos convida grandes escritores para falar dos livros que marcaram suas vidas e influenciaram suas próprias obras. Milton Hatoum, Luiz Ruffato, Bernardo Carvalho, Marçal Aquino, Fernanda Torres, Marcelino Freire, Lourenço Mutarelli, Carola Saavedra, entre outros, narram experiências pessoais como leitores e se propõem a debater literatura a partir da relação afetiva que estabelecem com suas obras prediletas.

Classificação indicativa: Livre

 

Serviço da programação completa

– De 25 a 29 de setembro

Local: Parque Municipal Américo Renné Giannetti (avenida Afonso Pena, 1377, Centro)

– De 26 a 29 de setembro

Oficinas

Local: Parque Municipal e Centro de Referência da Juventude – CRJ (Praça da Estação, s/nº, Centro)

Mostra de Cinema

Local: MIS Cine Santa Tereza (rua Estrela do Sul, 89, Santa Tereza) 

 

Toda programação é gratuita

 

Assessoria de imprensa FLI-BH

ETC Comunicação – (31) 2535-5257 | (31) 99120-5295

Luciana d’Anunciação – luciana@etccomunicacao.com.br

Nina Rocha – ninarocha@etccomunicacao.com.br

Pollyanna Alcântara – assessoria@etccomunicacao.com.br

Jihan Kazzaz – jihan@etccomunicacao.com.br

Assessoria de imprensa FMC

Contatos – imprensa.fmc@pbh.gov.br – (31) 3277-4682



Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *